A fé, a esperança e o amor

A fé, a esperança e o amor

A fé, a esperança e o amor

O final de I Coríntios 13 tornou-se um dos mais lindos e profundos textos da Bíblia: “Agora, portanto, permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. A maior delas, porém, é o amor” (1 Coríntios 13:13 ).

Escrevendo de lugares diferentes e em datas distintas, Paulo e João nos dão revelação idêntica sobre a supremacia do amor. Paulo conclui que, dos dons recebidos do Espírito Santo, nenhum suplanta o amor. E João explica porque.

Amor constitui o que há de maior, simplesmente porque é a essência de Deus: “Deus é amor” (I João 4:8).

Quando Jesus nos manda amar, o que Ele nos ensina não é cultivar sentimentos românticos e piegas. Amar, para Jesus, é atitude, é decisão, é postura de vida: “Eu lhes dou este novo mandamento: amem uns aos outros” (João 13:34). 

O amor é a coisa maior, porque nos permite compartilhar a essência do SenhorO amor é a coisa maior, porque revela nossa conduta de discípulos do Filho de Deus. O amor é a coisa maior, porque por ele viveremos, durante toda eternidade, com o Deus nosso Pai.

Gostou dessa mensagem?
Então veja mais mensagens correspondentes

A fé, a esperança e o amor.
Gostou da mensagem? Deixe o seu comentário: